10 dicas para uma relação a dois saudável

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Vanessa Damásio

Vanessa Damásio

Os relacionamentos podem ser complexos e são precisos dois para trabalhar a relação. Mas existem processos relativamente simples que podem fazer toda a diferença numa relação de casal. Aqui ficam dez dicas que podem ajudar a tornar um relacionamento mais saudável:

1. Elogie. Faça pelo menos dois comentários positivos todos os dias ao seu companheiro e revele os detalhes sobre o que admira na pessoa. Certifique-se de que os seus comentários positivos excedem os críticos por uma margem saudável.

2. Escute. O maior dom que pode dar ao seu parceiro é escutar de todo o coração. Solte a atitude defensiva e ouça com compreensão, sem interromper ou contra-atacar. Reserve a sua defesa para outra conversa.

3. Foque-se em si mesmo/a. Conecte-se com amigos e família, persiga os seus próprios interesses. Se a sua energia primária não é direcionada para viver a sua própria vida, irá forcar-se mais no seu parceiro de uma forma preocupada ou crítica.

4. Perdoe. Por vezes ficamos tão centrados na nossa razão e focados na discussão que esquecemos que é a relação de casal que sofre. Perdoar significa compreendermos as duas partes e aceitar os defeitos dos dois.

5. Vá direto/a ao ponto. Por vezes os casais diluem a discussão entre todos os temas que encontram para se atacarem mutuamente. O ideal é ser específico, sucinto e abordar o tema restringindo-se ao mesmo. Por vezes, o problema é o grande número de frases acessórias e extras e a intensidade do tom de voz. Abrande e resuma o seu discurso, reduza o volume e diminua a intensidade.

6. Saída de cena. Sair de uma conversa quando está no extremo da discussão pode ser fundamental, para evitar ouvir ou dizer algo de que depois se arrependa. Poderá dizer: “Estarei aqui para ouvir quando pudermos falar com calma e com respeito”. Mantenha as suas ações congruentes com estas palavras.

7. Crie regras. Concordar com regras e limites que cada um deve respeitar é importante para que possam criar o espaço individual dentro da relação.

8. Trabalhe o relacionamento com a sua família de origem. Torne-se um bom observador da sua história familiar, e repare como poderá mudar a sua posição em triângulos e padrões familiares disfuncionais. Ficará em terreno mais sólido com o seu parceiro se navegar nos relacionamentos com a sua família de origem com mais criatividade e menos reatividade.

9. Expresse as suas emoções. Por vezes os casais concentram-se demasiado em criar argumentos defensivos e racionais. A melhor forma de comunicar com o seu companheiro de forma genuína e profunda é expressar as suas emoções para que outro se conecte com as suas reais necessidades.

10. Não tente mudar o outro. A consumação de uma relação madura implica aceitar as partes do outro que amamos e incorporá-las na nossa vida, e negociar e readaptar as partes que podem estar abertas à tentativa de mudança.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

0
  Talvez também lhe interesse:

Add a Comment