Artigos

A felicidade nos casais

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Sabemos bem que todos nós procuramos a felicidade! Mas sabemos também que (quase) todos nós vivemos a nossa vida à procura daquele que será o príncipe encantado, pois só assim conseguiremos ter acesso a uma felicidade plena!

Mas por vezes procuramos de tal forma que muitas são aquelas em que caímos em erros, damos sem nada recebermos em troca (ou só exigimos), criamos expectativas de que tudo será como nas histórias encantadas… Mas nem sempre isso acontece! Deixamos-lhe a seguinte reflexão: será que criou tantas expectativas que nem consegue ver o que está mesmo ali ao lado? Acreditamos que a vida nos está constantemente a dar oportunidades, mas nem sempre nos dispomos a aceitá-las…

E sim, lamentamos desiludir… Mas talvez não seja bem como nos filmes… Na realidade, a maioria dos casais passa por um período de luto pela relação ideal. Imaginam-se histórias onde apenas o sorriso tem lugar, onde a compreensão é tida apenas com uma troca de olhares, mas nem sempre é o que acontece.

Mas não se esqueça do mais importante, da procura da felicidade, que muito provavelmente conseguirá encontrar ao lado da sua cara metade:

  1. Lembre-se sempre da essência de quando começou a sua relação. Das dores de barriga, da ansiedade das horas a passarem no relógio para o reencontro.
  2. Ao lembrar-se dessa essência, lembre-se também de onde ela vinha. Daquele encontro às escondidas? Daquele passeio para o qual demoravam dias na planificação?
  3. Agora que já recordou esses momentos, faça a seguinte reflexão: porque não se repetem esses momentos? Na verdade, consumimo-nos pelas 1000 tarefas do dia-a-dia e não nos permitimos ter tempo para namorar, não é?
  4. Junto com a sua-cara metade, tentem organizar um dia por mês só para vós. Distribuam tarefas, num mês é um que escolhe e no seguinte é o outro elemento.
  5. Agora imagine o primeiro dia, planifique e parta para a ação!

 

Não se esqueça que os casais felizes sentem que têm um compromisso para a vida, respeitam-se nas suas diferenças, são leais e confiam um no outro, permitem-se dar e receber com o coração aberto, apoiam-se na concretização de sonhos e nos momentos de dúvida, tomam a iniciativa de agradar e dizem o que precisam do outro para se sentirem felizes! No fundo, sabem que o nós não se constrói simplesmente juntando o Eu e o Tu, mas sim no caminho que, em conjunto, podem construir!

Sabemos bem que vai fazer a diferença 🙂

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin
0
  Talvez também lhe interesse:

Add a Comment


Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress