A temperatura influencia a atenção e a memória dos estudantes?

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Vera Lisa Barroso

Vera Lisa Barroso

Um estudo levado a cabo por um grupo de investigadores brasileiros quis verificar até que ponto o ambiente térmico de uma sala de aula influencia a atenção e a memória dos estudantes.

Já outros estudos científicos têm investigado a influência da qualidade térmica na produtividade, sendo que a produtividade é maior e a fadiga desenvolve-se mais lentamente em ambientes frios do que em ambientes quentes.

Ficou evidente neste estudo que existe uma relação entre os processos de atenção e memória. Em situações de conforto térmico a média do desempenho dos alunos atinge os 70%. Verificou-se também que a redução de temperatura aumentava a velocidade de resposta em 28%, reduzia os erros de atenção em 10% e aumentava em 24% o ritmo na leitura de textos.

Os investigadores concluiram que um ambiente térmico entre os 18.C e os 26.C não prejudica a atenção e a memória dos académicos, pelo que pode sempre ter em conta estes dados quando estiver a pensar na qualidade térmica do quarto do seu filho.

Batiz, E. C.; Goedert, J.; Morsch, J. J.; Kasmirski-Jr, P.; Venske, R. Avaliação do conforto térmico no aprendizado: estudo de caso sobre influência na atenção e memória. Produção, v. 19, n. 3, p. 477-488, 2009.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

0
  Talvez também lhe interesse: