Adolescência e o despertar sexual

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Andreia Cabral

Andreia Cabral

O aparecimento da puberdade, a partir dos 10, 11 anos, marca o início da adolescência, um período marcado por múltiplas alterações: biofisiológicas, psicológicas, intelectuais, sociais. Nos dois sexos, a puberdade surge acompanhada de novas sensações e sentimentos sexuais originados pelo aumento da produção hormonal que faz com que os/as adolescentes passem a sentir mais intensamente desejo e excitação sexual.

O corpo redesenha-se e as diversas transformações corporais provocarão uma nova imagem de si mesmo. Por sua vez, as transformações psicológicas e sociais levarão o/a adolescente a ter também uma nova imagem dos outros, sentindo vontade de experimentar novas relações, novas formas de estar com os seu pares e de explorar a sua sexualidade. As preocupações de criança são substituídas por novos focos de interesse e inicia-se a predisposição para assumir compromissos com relações de diferentes tipos. De facto, é a partir desta idade que o/a adolescente forma a sua identidade sexual, ou seja, reflete sobre si próprio/a e sobre a sua sexualidade, sobre as emoções e sobre o desejo que sente em relação aos outros, que podem ser do mesmo sexo, de outro sexo ou de ambos os sexos.

Desta forma, esta fase pode ser mais ou menos complexa, preenchida com medos, dúvidas e questões que devem ser entendidas e atendidas com serenidade, paciência e apoio incondicional por parte dos pais e dos demais educadores. O despertar sexual na adolescência deve, então, ser acompanhado de uma educação para a responsabilidade, transmitindo aos jovens que ser sexualmente responsável significa respeitar e usufruir de direitos fundamentais e implica que as pessoas não sofram qualquer tipo de pressão, discriminação ou violência, qualquer que seja a sua identidade e orientação sexual.

Com esta perspetiva em mente, conseguiremos que os/as adolescentes vivam o seu despertar sexual de forma saudável, promovendo a tomada de decisões responsável, a sua autoconfiança e a sua autoestima.

Fontes: Robert, J. (2005). A Minha Sexualidade – dos 9 aos 13 anos. Porto Editora. e www.apf.pt

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

0
  Talvez também lhe interesse: