Competências de regulação de sono

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

InsóniasDormir é uma necessidade humana básica, tal como comer, beber e respirar. Tal como as restantes necessidades, dormir constitui um fator vital para a manutenção ou o aumento dos níveis de saúde, qualidade de vida e de bem-estar ao longo da vida. Nesse sentido, as deficiências do sono, como a Insónia, podem conduzir a problemas de saúde física e mental, lesões, perda de produtividade e até a um aumento do risco de morte.

O Sono corresponde a uma fase do nosso dia caracterizada por atividade psicofisiológica intensa, durante a qual vão sendo repostos os níveis fisiológicos, são efetuadas atualizações orgânicas críticas, processam-se emoções, desenvolvem-se processos criativos, integram-se e consolidam-se aprendizagens e memórias.

A investigação tem vindo a comprovar uma relação entre as deficiências do sono e variadas doenças crónicas como a doença cardíaca, doença renal, tensão arterial elevada, diabetes, enfarte agudo do miocárdio, obesidade, depressão e perturbação de hiperatividade com défice de atenção.

A Insónia afeta cerca de 30-45% da população adulta mundial!

Na origem dos mais variados tipos de Insónia podem estar fatores psicológicos (e.g., com origem em problemas pessoais, familiares ou laborais), contextuais (e.g., não existência de condições adequadas a um bom descanso, como luminosidade, temperatura ou ruído do quarto) e/ou comportamentais (e.g., consumo excessivo de bebidas ou alimentos estimulantes, como o café; trabalho por turnos; ou prática de exercício físico antes de adormecer.

Ainda que as consequências da Insónia possam ser preocupantes, a Investigação e a prática clinica médica e psicológica possibilitaram o desenvolvimento de estratégias e programas cuja eficácia no tratamento desta problemática é, hoje, muito evidente. Ainda assim, apenas cerca de 5% da população procura ajuda especializada para o tratamento desta situação.

Nesse sentido, a Oficina de Psicologia desenvolveu um programa para aplicação em grupo, com vista ao tratamento de situações de Insónia, o qual tem como objetivo permitir a partilha de experiências dos seus participantes e, com base na consciencialização dos fatores individuais, contextuais e comportamentais que se encontram na base da Insónia, desenvolver variados exercícios e partilhar estratégias cuja eficácia no tratamento da Insónia se encontra já comprovada.

Assuma as “rédeas” do seu sono e contribua, de forma ativa, para aumentar a quantidade e qualidade do seu sono e, por conseguinte, dos seus níveis de saúde física e mental, qualidade de vida, bem-estar e segurança!

 

Sono ou Insónia: Saúde ou Doença? Não deixe que a Insónia decida por si!

Grupo para o desenvolvimento de competências de regulação do sono e de estratégias de tratamento da Insónia, 7 sessões semanais, com a duração de 1h30, num máximo de 12 participantes.

Pessoas que reúnam os seguintes critérios:

  • apresentem dificuldades em adormecer (insónia inicial), ou um acordar noturno com dificuldades em voltar a adormecer (insónia de manutenção do sono), ou um acordar muito cedo (insónia final), ou um sono que não é reparador, ou qualquer combinação entre os aspetos anteriores;
  • as dificuldades ocorrem, pelo menos, 3 vezes por semana durante, pelo menos, um mês;
  • a insónia causa perturbação clínica significativa ou dificuldades nas atividades sociais, ocupacionais ou outras áreas importantes do funcionamento diurno e, pelo menos, um dos seguintes aspetos pode ser atribuído às dificuldades de sono:
    • Fadiga, cansaço
    • Dificuldades de atenção, concentração ou memória
    • Disfuncionalidade social ou vocacional ou fraco desempenho escolar
    • Alterações de humor, irritabilidade
    • Sonolência diurna
    • Redução na motivação/energia/iniciativa
    • Tendência a erros/acidentes no trabalho e/ou na condução
    • Dores de cabeça de tensão ou sintomas gastrointestinais como consequência da perda de sono
    • Preocupação relativamente ao sono

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

0
  Talvez também lhe interesse:

Add a Comment