Crise económica

Rafael de PaulaCrise econômica e política, inflação, desemprego, juros altos, inflação, desemprego, endividamento, crise política. Não está fácil viver no Brasil neste momento. Cada vez mais, vemos pessoas e famílias afligidas pela incerteza causada por esse cenário atual. Muitos já estão desempregados e outros estão assombrados pelo fantasma do desemprego, o que é terrível para a saúde mental e, com isso, as pessoas começam a adoecer. A tensão impera, o estresse é constante e a desesperança começa a tomar os pensamentos.

Os profissionais da saúde já começaram a notar um aumento da busca por tratamento. Algumas pessoas relatam estarem mais ansiosas, preocupadas, tensas e irritadas. Já outras se queixam de estarem se sentindo sem energia, sem esperanças e cheias de pensamento negativos.

Ninguém quer ou merece viver assim! Mesmo estando desempregado ou passando por uma situação difícil é preciso enxergar a luz no fim do túnel. Precisamos aprender a olhar para dentro e buscar uma forma de acalmar os ânimos. Será que um momento de dificuldade realmente significa a ruína completa? Será que a preocupação com algo que nos foge ao controle ajuda?

É tempo de respirar fundo, aquietar a mente e focar nas possibilidades. Deixar-se levar por emoções e pensamentos ruins não trará solução para qualquer problema e pode tornar tudo ainda mais difícil.

Muitas vezes,vemos pessoas agirem assim. Uma falha na mente não nos permite perceber o que, realmente, está acontecendo. É como tentar resolver um problema com um outro. Isso fica muito claro quando pensamos naquelas pessoas que usam o álcool ou outra droga para, repetidamente, “se curar” dos problemas. Além de não de resolverem o problema, acabam criando outros, como a dependência destas substancias.

Podemos aprender a perceber a vida e a nós mesmos com outros olhos. Podemos nos desvencilhar de padrões de pensamento e reações emocionais que não nos trazem benefício algum. Como? Com o auxílio que a psicologia, que pode nos proporcionar um aprendizado que nos é benéfico. Com a ajuda dela, podemos pensar em novas de formas enfrentar situações difíceis, buscar as possibilidades e desbravar outros caminhos.

2015-06-01T09:35:39+00:00 Junho 1st, 2015|OP BH Brasil, Rafael de Paula, Reflexões|