Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Mariana Santos Paiva

Mariana Santos Paiva

Mariana Santos Paiva

O que mais me fascina na vida é pensar que não há duas pessoas iguais. Cada um de nós tem uma personalidade própria, uma aparência que é só sua e um conjunto de habilidades e competências que se definem e constroem a partir das relações com os outros. Relações essas que são essenciais desde que nascemos até morrermos.
Todos os dias precisamos uns dos outros. Dos que fazem parte da nossa família e dos que queremos na família que construímos; dos que estão connosco no trabalho; daqueles que se cruzam connosco nas mais variadas situações e dizem ou fazem algo de inesperado; de todos os que de algum modo marcaram o nosso passado e mesmo dos que, sem fazermos ideia como, ainda hão-de aparecer no futuro. Todos eles têm um determinado papel, lugar e contexto e contribuem para a pessoa que somos hoje e que seremos amanhã.
E é nesta lógica de reciprocidade que me revejo e tomo consciência de que a minha vocação passa claramente pelo permanente contacto com as pessoas, deixando-me inspirar pelas suas potencialidades e fragilidades, acreditando e ajudando-as a acreditar na constante capacidade de se reinventarem e transformarem. Contribuir para que o outro se conheça de uma forma mais complexa e aprofundada e apresente uma maior capacidade de dar resposta e gerir múltiplas situações, emoções e pensamentos através de uma relação empática, segura, autêntica e compreensiva são alguns dos meus objectivos enquanto Psicóloga Clínica.

 

– Mestrado integrado em Psicologia Clínica Cognitivo-Comportamental e Integrativa pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa.
– Dissertação na área da Sobredotação em Psicoterapia.
– Prática em contexto comunitário com Adultos e contexto escolar (Ensino Especial) com Crianças e Adolescentes.
– Investigação na área da promoção da saúde mental infantil.
– Interesse pelas áreas de Desenvolvimento Pessoal e Orientação Vocacional.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin