Estimular o desenvolvimento da linguagem

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Inês Afonso Marques

Inês Afonso Marques

Se pudessemos assinalar uma marco em que habitualmente as competências linguísticas das crianças passam dos primeiros passos para verdadeiras corridas, seria por volta dos 18 meses, adicionando palavras ao seu vocabulário a uma velocidade estonteante. Para além das palavras soltas, podem começar a surgir associações de palavras, para criar frases simples.

A linguagem de uma criança pode ser estimulada, independentemente da criança parecer mais ou menos “desenrascada” neste capítulo. Aqui ficam algumas sugestões.

• Não fale como um bebé. Fale de forma clara e simples, usando palavras reais e frases completas.

• Seja um narrador entusiasta. No decorrer do vosso dia, descreva o que se vai passando. Descreva acções, objectos e até emoções!

• Ajude na aproximação à pronúnica correcta. Se o seu filho diz uma palavra de forma pouco clara ou incorrecta, não o ridicularize, mas ajude-o a perceber como dizer a palavra. “Hoje a futa é maxã”. “Sim filho. Hoje a fruta é maçã. Queres esta maçã bem vermelhinha? É uma fruta muito doce.”

• Leia com o seu filho. Livros com rimas são uma boa opção. As rimas ajudam a criança a compreender que as palavras são constituidas por pequenas “partes sonoras”. Esta é, aliás, uma importância competência que facilita a aprendizagem da leitura e escrita.

• Faça questões. Envolvendo-se em verdadeiros diálogos com o seu filho, promove o desenvolvimento da linguagem. Coloque questões abertas (que requerem mais do que um sim ou não de resposta) sobre temas diversos e do interesse do seu filho. A dinâmica do diálogo incentiva ainda ao saber esperar e ao respeito pela opinião do outro.

Votos de excelentes e ricas conversas!

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

0
  Talvez também lhe interesse: