Falta de memória? Sai uma bica!

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Francisco de Soure

Francisco de Soure

Que o café tem propriedades que estimulam o cérebro é algo que todos sabemos amplamente. Que parece apurar os sentidos em períodos de maior cansaço, também muitos já tiveram oportunidade de comprovar. Até as suas capacidades para estimular os intestinos são propaladas como sugestão por muitos dos seus ávidos consumidores.

Eis que surge uma boa novidade para aqueles que contribuem para a estatística de 2,2 chávenas de café consumidas por pessoa, por dia, em Portugal: investigadores nos EUA verificaram os benefícios do café na memória a longo prazo. Um estudo conduzido na Universidade de Johns Hopkins pediu a dois grupos de pessoas, habitualmente não consumidoras de café, que analisassem um conjunto de imagens. Um dos grupos recebeu cápsulas de cafeína, o outro cápsulas placebo (sem qualquer substância activa). No dia seguinte mediu-se a capacidade de ambos os grupos de recordarem imagens estudadas na véspera. Os resultados foram surpreendentes! O grupo que tomou café não foi capaz de identificar significativamente mais imagens que o outro; conseguiu, sim, de forma surpreendente, evitar ser iludido por imagens semelhantes a outras que vira na véspera. Ou seja, o café parece ter tornado a memória mais capaz de fazer distinções.

Por isso, já sabe – uma chávena por dia pode ajudar a tornar a sua memória mais apta para separar o trigo do joio! 

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

0
  Talvez também lhe interesse:

Add a Comment