Grupo Terapêutico para Depressão

A depressão é uma das mais solitárias experiências que podemos viver.

Quando estamos deprimidos todo o mundo nos parece um lugar escuro, e muitas vezes aqueles que nos são mais próximos parecem não compreender que é possível deixar, assim, de ver cores. A sensação continuada de incompreensão, desligamento dos outros e do mundo, de absoluta solidão é, reconhecidamente, um dos ingredientes mais habituais e potentes desta perturbação que muitos chamam já d’”O Mal do Século XXI”.

Por isto, e porque a investigação nos demonstra reiteradamente a eficácia desta intervenção, na Oficina de Psicologia decidimos colocar ao dispor de quem nos procura uma intervenção de grupo na Depressão.

Neste grupo terapêutico, utilizamos as mais recentes intervenções psicoterapêuticas de forma a melhor compreender a depressão, recuperar a nossa capacidade de organizar e promover um estilo de vida mais saudável – logo, menos consentâneo com estar deprimido – e aprender a gerir e resolver os sintomas de depressão:

1. Numa primeira fase, aprendendo a fundo sobre o que é estar deprimido e como identificar em mim os sinais.

2.Numa segunda fase, aprendendo a reorganizar o nosso dia-a-dia de uma forma que nos proteja.

3.A terceira etapa implica aprender a “ouvir” os pensamentos que repetimos a nós próprios e nos mantêm deprimidos, e partindo daí ganhar competências para tornar esses pensamentos insignificantes e impotentes.

4.E, numa quarta fase, trabalhando as nossas emoções de forma a compreender como deprimimos, e o que precisamos fazer para deixar de estar deprimidos – e assegurar-nos que não voltamos a fazê-lo.

Tudo isto é feito ao longo de doze sessões semanais, cujo objectivo é reduzir a sintomatologia ansiosa: seja para que possa continuar no seu caminho por si só, seja para que continue o seu trabalho de forma mais aprofundada em contexto individual, mas já livre de sintomas tão perturbadores como aqueles que a depressão nos traz. Fazemo-lo em grupo precisamente porque compreendemos a importância de ter alguém do nosso lado que saiba como é estar onde estamos. Porque a ciência nos diz que os grupos se transformam em redes de apoio importantes nas quais nos apoiarmos de forma a crescer, muito mais depressa que individualmente. Porque, de mãos dadas, podemos formar correntes para sair do buraco que é a depressão.

O próximo grupo tem início no dia 18 de Fevereiro, às 19:30 um valor de 20€ por sessão. 

Por tudo isto, esperamos por si. Mesmo aqui ao lado, quando precisar de nós. A depressão já não precisa de ser vivida sozinha!

2013-02-05T19:20:10+00:00 Fevereiro 5th, 2013|Depressão, Emoções, Psicoterapia|

5 Comentários

  1. Lania Alvega 20/10/2014 at 00:47

    Tudo que possa amenizar esses sintomas da depressão vai ser válido para mim, estou em estado bem avançado da doença. Ajude-me se puder.
    Grata.

    • admin 20/10/2014 at 08:57

      Cara Lania,
      Temos todo o gosto em recebê-la para uma avaliação gratuita num dos nossos consultórios distribuídos em quase todo o território português e avaliar consigo um plano de intervenção para que volte a ficar bem rapidamente.
      Abraço

  2. adriana 10/10/2014 at 01:10

    Boa noite,estou sofrendo muito desse transtorno que é a depressão e a ansiedade to fazendo terapia e tomando medicação direitinho mais não to conseguindo ver uma luz no fim do túnel,queria muito ter aquela minha alegria de volta fazer os outros felizes e ser feliz

    • admin 20/10/2014 at 08:58

      Cara Adriana,
      A recuperação leva o tempo necessário a cada organismo. Continue a fazer tudo o que está a fazer e vai ver que a luz começará a brilhar muito em breve. Fique bem!
      Abraço

  3. Sayra 28/07/2014 at 21:10

    Olá! Eu passei por depressão e sei que é muito dificil, por isso gostaria de ajudar as pessoas que passaram e passam pelo mesmos problemas. Gostaria que compartilhassem o vídeo que eu fiz sobre depressão e como lidar com ela. Toda semana vou colocar vídeos falando o que aprendi sobre depressao por experiencia propria e como ajudar a sair dessa. Obrigada

Comments are closed.

Translate »