Humor com sentido, stress resolvido


E se de repente descobrisse que o seu sentido de humor poderia ser um grande aliado quando se encontra em situações que lhe causam maior stresse? E se de repente sentisse que aquelas emoções negativas que o invadem de tal forma numa situação stressante, diminuíam de intensidade, quando utiliza o humor? E se de repente começasse a ver que aquela situação que normalmente o deixa realmente ansioso, não é afinal uma situação tão má quanto imaginava porque de repente olhou para ela utilizando o seu sentido de humor?

Parece impossível? Pois bem, tudo isto está cientificamente comprovado! Vários estudos têm demonstrado que o humor pode ser utilizado como uma estratégia para lidar com as exigências do meio que nos rodeia e com as nossas próprias exigências (internas), as quais poderão ser geradoras de stresse. Ou seja, o sentido de humor é considerado como uma estratégia de coping.

Ora se o stresse depende da forma como cada pessoa avalia cada situação e da sua capacidade para lidar com a mesma, então, o sentido de humor torna-se útil como uma ferramenta capaz de explorar alternativas de resposta a situações stressantes, proporcionando avaliações mais positivas mesmo perante as adversidades. Desta forma, produz uma mudança cognitiva e afetiva, pois envolve uma reestruturação da forma como se olha para uma situação, o que a torna menos ameaçadora com um alívio da emoção associada à situação percebida e redução das sensações corporais associadas a essa mesma emoção (excitação fisiológica). Desenvolvendo esta estratégia, será capaz de ter uma nova perspetiva e, ao mesmo tempo, ganhar distância perante situações geradoras de stresse, o que lhe permite lidar mais eficazmente com o mesmo e, consequentemente aumentar o seu bem-estar.

Alguns estudos indicam também que os indivíduos que utilizam o sentido humor para lidar com o stresse têm menos probabilidade de ficar deprimidos, ansiosos ou emocionalmente instáveis. Também relatam níveis menores de dor e ganham algum controlo sob a severidade da sua doença. Revelam ainda maior saúde psicológica, porque o uso frequente do seu humor ajuda-os a reavaliar fontes de stress como menos ameaçadoras, resultando geralmente num coping mais eficaz.

Se neste momento, se está a perguntar porque é que algo tão simples quanto o humor pode ser uma ferramenta tão poderosa na gestão do stresse, aqui ficam as respostas:

– Funciona como uma distração, interrompendo a cadeia de pensamentos negativos que resultam em stresse;

– Provoca risos ou gargalhadas, o que, por si só, é um libertador físico da tensão, estimulando a libertação de hormonas responsáveis pela sensação de prazer;

– Retira o foco da atenção em si mesmo e nas emoções negativas e intensas e coloca o foco nas outras pessoas e no que o/a rodeia.

Apesar de o uso do sentido de humor ser uma estratégia eficaz para lidar melhor com o stresse, estudos indicam que as pessoas tendem a utilizar outras estratégias que não o humor. Provavelmente estará a pensar como poderá melhorar o seu sentido de humor. Aqui ficam algumas dicas:

– Nada melhor do que aprendermos, observando. Portanto, se conhece alguém que considera ter um sentido de humor apurado, sobretudo em situações mais difíceis, observe como essa pessoa lida com essa situação e aprenda com ela;

– Tente encontrar algo engraçado para dizer quando se encontra numa situação que lhe provoque maior stresse;

– Perante uma situação geradora de stresse, olhe para essa situação de fora e tente imaginá-la a acontecer com outra pessoa. Por exemplo, se alguém estivesse a fazer uma apresentação oral e se enganasse numa palavra que tinha piada, provavelmente iria rir-se. Porque não fazer o mesmo quando isso acontecer consigo?

– Rir-se de si próprio/a significa aceitar-se, por isso, ser capaz de se rir sobre uma situação mais constrangedora para si alivia imediatamente o stresse, simplesmente porque aceita que também pode errar!

Do que está à espera? É simples, eficaz e não tem que pagar nada por ele! O seu sentido de humor é um excelente recurso que tem! Por isso… faça uso dele! Mas cuidado: Use-o com sentido, porque existem situações onde realmente é precisa a seriedade! Humor com sentido, stress resolvido!

Inês Chiote Rodrigues
Inês Chiote RodriguesPsicóloga Clínica
Mostrar mais Artigos
2017-03-18T08:23:10+00:00 Janeiro 31st, 2016|Inês Chiote Rodrigues, Stress|