Isso já passa…!

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Ana Sousa

Ana Sousa

Lidar com o nosso próprio sofrimento e com o sofrimento dos outros pode ser, na maior parte dos casos, bastante difícil. Essa dificuldade muitas vezes transparece com expressões como aquela que o título sugere, “isso já passa”, “há coisas mais graves na vida” ou “o tempo cura tudo”. O tempo pode de facto aliviar o impacto que algumas coisas têm em nós em alguns casos, não nos podemos é esquecer que noutros vai acumulando situações à equação, vai tornando o sofrimento mais pesado e vai aumentando o sentimento de desesperança.

Se em alguns casos, estes “isso já passa” pode acalmar um pouco, mostrando que outras pessoas têm esperança de que vamos conseguir ultrapassar a situação, noutros casos pode ser visto como invalidação ou incompreensão do nosso sofrimento, aumentando a sensação de isolamento. Porque em alguns casos o momento que originou inicialmente o sofrimento já passou mas as pessoas continuam a sofrer com isso, não “passa” simplesmente.

E nessas alturas pode ser necessário alguém que esteja em silêncio com elas, um silêncio muito mais acolhedor que mil palavras que se possam dizer, um toque com muito mais companhia que uma casa cheia de gente, a sensação de que não estamos sozinhos nas dores da vida.

Das próximas vezes que um amigo ou familiar lhe mostrar que está a sofrer com alguma coisa, esteja lá para ele, não ceda ao impulso de querer logo ultrapassar esse momento. Essa pessoa pode precisar apenas de compreensão e companhia nesses minutos, para lhe ser possível ganhar força para sair dele. Se tiver dúvidas pergunte do que é que ela precisa naquele momento, o que ela gostaria de receber da sua parte.

Experimente ir um pouco ao encontro do outro, e partilhe connosco como correu. Se for muito difícil ultrapassar alguns estados de sofrimento em alguns momentos, procure ajuda profissional.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

0
  Talvez também lhe interesse: