Os meus filhos são mindful?

Cecília Santos

Cecília Santos

Cada vez menos nos focamos no presente, naquilo que realmente está a acontecer aqui e agora. Agimos sem tomarmos consciência daquilo que fazemos, e fazemos muitas coisas sem nos lembrarmos delas. E não são só os adultos que “sofrem deste mal”. Procure perguntar ao seu filho que camisola é que ele usou ontem? Ou o que comeu no dia anterior? É provável que ele não se lembre! Provavelmente enquanto vesti-a a camisola de manha já estava a pensar nos exercicios que tinha que fazer na escola, e enquanto comi-a se calhar estava a ver televisão ou a pensar naquilo que ainda podia fazer depois do jantar e antes de se ir deitar. Passamos demasiado tempo a preocupamo-nos muito com o que passou, e estamos constantemente a dirigir a nossa atenção para aquilo que vamos fazer, deixando de parte o presente. Sente que anda muitas vezes em piloto automático? O mesmo se passa com os mais pequenos.

É importante que também as crianças e os adolescentes aprendam a focar a sua atenção no presente.

O mindfulness em crianças e adolescentes pode ser uma ferramenta à qual os seus filhos podem recorram quando sentirem necessidade de se acalmar e recuperar energias. A sua prática vai aumentar e melhorar a sua concentração, memória e reduzir a ansiedade, o que proporcionará um ambiente escolar e familiar mais relaxante, harmonioso e produtivo. Ao adotarmos atitudes mindful, os nossos comportamentos perante situações de maior tensão, serão certamente mais ponderados e adaptativos

A investigação com crianças e adolescentes têm demonstrado que o treino de mindfulness têm benefícios na redução dos níveis de ansiedade, melhora a capacidade de atenção das crianças, aumenta a sua empatia na relação com os outros e ajuda na resolução de problemas e controlo da impulsividade.

Quando as crianças e adolescentes tomam maior consciência de si próprios, das suas emoções, dos seus comportamentos e do seu próprio corpo, conseguem ter um autocontrolo maior, sendo mais capazes de focar a atenção naquilo que está a acontecer no momento, retirando maior prazer das pequenas coisas que fazem no seu dia-a-dia. Tornam-se mais autoconscientes, conseguem perceber mais facilmente como surgem os seus pensamentos e emoções, e isso ajuda-os a aprender a controlar sem julgar ou avaliar aqueles pensamentos menos bons.

2015-03-31T19:26:48+00:00 Março 31st, 2015|Cecília Santos, Crianças & Pais, Mindfulness|
Translate »