O sucesso ou insucesso escolar dos nossos filhos também depende dos pais!

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Maria João Matos

Maria João Matos

Estudos realizados por Epstein (2009) demonstram que a família tem o poder de influenciar o sucessso ou insucesso escolar das suas crianças e jovens. Uma das formas de o concretizar, passa pelo envolvimento da família na vida escolar, nomeadamente na escolha da àrea de estudo, do curso, da escolha da escola mais apropriada, da realização do horário de estudo, entre outras atividades.

A forma como a família olha para a escola e que papel lhe atribui perante o seu filho é determinante na forma como este se sente na escola. Existem diferentes formas da família olhar para a escola, algumas pensam a escola apenas como local de aprendizagem de competências mais técnicas, como um local de ensino de determinadas matérias, outras esperam que a escola para além do ensino, colabore na socialização e no desenvolvimento de competências pessoais e sociais.

Independentemente do que cada pai ou mãe possa esperar da escola, todos desejam o sucesso escolar dos seus filhos. Assim, desde a entrada dos filhos na escola é necessário realizar algumas acções para alcançar este grande objetivo:

• Demonstrar que acreditam nas potencialidades dos vossos filhos;

• Verificar desde a entrada na escola a realização dos trabalhos de casa;

• Estar atentos às notas;

• Identificar dificuldades em relação a determinadas disciplinas e juntamente com o filho e professor encontrar formas de ultrapassas as mesmas;

• Promover o diálogo sobre as experiências escolares;

• Aproximar-se dos amigos dos filhos, conhecendo-os e se possível os respectivos pais;

• Participar, quando possível nas atividades dinamizadas pela escola e comunidade.

Uma maior aproximação dos pais à escola:

• Permite que pais e professores promovam o aumento da motivação dos alunos;

• A família pode aumentar as expectativas em relação ao sucesso escolar e até mesmo no que respeita ao próprio percurso escolar (metas a alcançar);

• Permite que os pais tenham mais e melhores conhecimentos em relação ao meio escolar sentindo-se mais confiantes e capazes na forma como educam os seus filhos;

• Permite que os professores conheçam melhor os seus alunos (família, características, necessidades) e possam adequar estratégias, metodologias, para motivar os alunos.

A colaboração contínua e consistente entre pais e professores é um caminho a percorrer para a construção do sucesso escolar dos filhos, tendo em conta as mudanças ocorridas nos últimos tempos na sociedade e consequentemente na escola e nas famílias.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

0
  Talvez também lhe interesse: