Os circuitos cerebrais da depressão

Circuitos cerebrais da depressão

A maioria de nós não conhece e muito menos se apercebe de que a depressão tem residência no cérebro. Para quem sofre de depressão é um sentir – ou não sentir, nesse vazio negro que corresponde à depressão -, um exaspero de falta de energia e letargia, uma desesperança em relação ao futuro. Para quem a trata existe um conjunto de técnicas, intervenções e abordagens que, de uma forma empática e personalizada, é aplicado e cujos resultados são atentamente monitorizados. Mas, em muitos casos, facilita muito sabermos que processos estão envolvidos: na perturbação depressiva e em cada intervenção que se faz, porque assim se consegue maior relevância e se consegue atender ao que é verdadeiramente crítico para o caminho de volta ao bem-estar.

Nesta nossa apresentação poderá ver as principais áreas do cérebro que se encontram afectadas durante uma situação depressiva e as formas de repor o bom funcionamento cerebral.

Cristina Sousa Ferreira
Cristina Sousa FerreiraPsicóloga Clínica
Mostrar mais Artigos
2017-03-15T14:24:15+00:00 Abril 2nd, 2016|Cristina Sousa Ferreira, Depressão|