Passatempo O meu Refúgio

A finalizar Maio apresentam-se os textos do passatempo Oficina de Psicologia/Bertrand, que decorrerá até dia 6 de Junho
São 4 fotografias que transportam em si muito simbolismo. Pode escolher o refúgio que mais o tocou!
Diga-nos aquele de que mais gostou seleccionando após a leitura dos textos no nosso questionário de votação. Obrigado!

Universo
Rita Vieira
Partilho então “o meu refúgio” que é o atelier de pintura onde
conheci pessoas muito queridas e onde posso fazer uma das coisas de que
mais gosto, desenhar/pintar.
Também gosto de jardins, qualquer um, os do Palácio de Cristal
(Porto), por exemplo.

Universo_Rita Vieira

 

 

 

 

 

 

 

Run

Cláudia Vieira
Preparar-me para um novo dia correndo 10 km , vencendo a cada dia meu melhor tempo. Porque um dia eu achei que o meu mundo acabou, a ansiedade era imensa e comecei a correr para controlar, fugindo de mim mesma. Continuei sem desistir, transformei a ansiedade em desporto e correr salvou a minha vida.

run_Claudia MV

 

 

 

 

 

 

Pontão
Patrícia Perpétua
Eis que elejo um dos pontões da Costa da Caparica como um dos melhores lugares para refugiar-me da humanidade…e aproximar-me de uma natureza menos assustadora. Onde todas as alterações sonoras, odoríferas e comportamentais são bem mais compreensíveis do que quaisquer outras neste mundo..
Patrícia Perpétua

 

 

 

 

 

 

 

Aldeia de Dornes
Ana Patrícia Silva
Ao final da tarde, por entre a bruma do rio é perante este refúgio que sorrio, Contemplo a torre e as casas, sem nada esperar, pois foi neste local que aprendi a amar.

Aldeia de Dornes_Ana Patrícia Silva (1)

 

 

 

 

 

 

 

[poll id=”4″]

2014-06-01T01:05:34+00:00 Junho 1st, 2014|Reflexões|
Translate »