Recém-nascido já tem preferências alimentares?

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Vera Lisa Barroso

Vera Lisa Barroso

Um estudo realizado por cientistas franceses mostra que os recém-nascidos podem reconhecer aromas a que tenham sido expostos durante os últimos dias de gestação.

Este estudo sugere que as escolhas alimentares da mãe podem alterar a forma como o sistema sensorial do seu bebé se desenvolve e influenciar o seu gosto antes mesmo do nascimento.

Pesquisadores do Centro Europeu para a Ciência Taste em Dijon testaram 24 bebés, metade de cujas mães comeram biscoitos com anis nos dez dias que antecederam o nascimento.

Situações de teste realizadas horas após o nascimento e novamente quatro dias depois mostraram que os bebés cujas mães haviam comido os biscoitos mostraram reconhecer, e pareciam desfrutar, o cheiro de anis. Num primeiro teste, perante um algodão com o odor de anis os bebés inclinaram-se para esse odor, enquanto que os bebés de cujas mães não consumiram os respectivos biscoitos não se inclinaram e até se afastaram, não evidenciando qualquer tipo de prazer. Numa segunda situação, foi colocado um cotonete embebido em anis de um lado da cabeça dos bebés e um outro cotonete de controle do outro lado; o grupo que mais se inclinou para o cotonete com o cheiro foi o dos bebés cujas mães ingeriram os biscoitos.

O aroma de anis terá passado através do nariz do bebé no líquido amniótico da mãe antes do parto. Compostos no líquido poderão ter estimulado e ajudado os sensores no nariz do feto e implantado uma memória para um cheiro particular no seu cérebro em desenvolvimento.

Considerando que o nosso sentido de olfato influencia diretamente a maneira como provamos a comida percebe-se a importância destes resultados. Segundo os investigadores “em geral, quando apreciamos um alimento dizem que é o sabor da comida, mas em geral é realmente do odor do alimento.

Estudos independentes demonstraram que o gosto de um bebé também pode ser afetado por aromas do leite materno.

Os bebés cujas mães usaram um bálsamo de camomila quando começaram a amamentar eram mais atraídos pelo odor de camomila, mesmo quando testado 21 meses após o nascimento.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

0
  Talvez também lhe interesse:

Add a Comment