Sardinha Mindful?

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

O que lhe proponho hoje é que mude a sua experiência de alimentação. Para tal procure seguir as instruções que se seguem!
Experimente com uma sardinha já que estamos no Santo António…
Focalize a sua atenção na sardinha… e agora, mais difícil, imagine que nunca viu nada parecido antes.
Imagine que tinha chegado agora mesmo de Marte e que nunca tinha visto nada igual na sua vida.

(ver)

Ao olhar para a sardinha preste atenção à mesma.
Disponha de algum tempo para a ver realmente.
Olhe para ela cuidadosamente, como se nunca tivesse visto nada parecido antes.

Explore as simetrias e assimetrias.
Explore as saliências e as concavidades.
Examine a cor que a luz provoca.
Os claros e os escuros.

(tocar)

Agarre na sardinha (!) e mantenha-a na palma da sua mão, ou entre os dedos.
Volte a sardinha na sua mão e observe.
Explore a textura com os seus dedos.
Experimente fechar os olhos para que possa ter uma sensação mais apurada do toque.

(cheirar)

Agora colocando
o objecto bem debaixo do seu nariz, cheire-o, reparando suavemente no aroma ou fragrância que surja.
(eau de sardine?)

Beba desse aroma em cada inspiração talvez reparando nos pensamentos de interesse ou rejeição,
talvez reparando nas sensações na boca ou no estômago.

E se, enquanto está a fazer isto, surgirem alguns pensamentos na sua mente acerca “que coisa
estranha estou a fazer” ou “qual é o objectivo disto” ou “não gosto disto”,
então repare neles apenas como pensamentos e traga a sua atenção de novo para o
objecto. (ou diga a si mesmo que é o Santo António e por isso, vale a pena!)

(sabor)

E agora olhando para ela mais uma vez traga suavemente com a sua mão (e talvez sobre um pão) até aos seus lábios, talvez reparando como a sua mão e braço o coloca perfeitamente na direcção da sua boca.
Coloque suavemente um pedaço da sardinha na boca e sem o trincar completamente repare como ele é
recebido, simplesmente explorando as sensações de o ter na boca.

E quando estiver preparado, prepare-se para mastigar a sardinha apenas uma ou duas vezes e
conscientemente repare como o sabor se liberta.
Talvez reparando como o sabor se liberta em ondas.
Mastigue suavemente reparando que cada dentada é diferente da anterior,
Talvez reparando como a saliva envolve a sardinha e modifica a sua consistência ao longo do tempo

(engolir)

Veja se detecta a intenção de engolir a surgir antes mesmo de engolir esse pedaço de sardinha.
Finalmente, procure seguir as sensações da sardinha à medida que ela deixa a boca na direcção do estômago.

Talvez reparando no que fica da sardinha depois desta ser engolida.

Neste Santo António, Seja Mindful!

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

0
  Talvez também lhe interesse:

Add a Comment