Sociabilidade e adolescência

Construir laços de amizade e criar relações interpessoais significativas é importante para todo o ser humano em qualquer momento da sua vida. Para o/a adolescente, reveste-se de uma pertinência maior, na medida em que estas relações vão ser o palco para o seu autoconhecimento e para a elaboração da sua identidade. À medida que se afasta da família e se aproxima do seu grupo de pares, o/a adolescente evolui socialmente e aquele torna-se uma peça central na sua vida.

De fato, é na construção das amizades que o/a jovem desenvolve o sentido de pertença a um grupo com quem se identifica e com quem partilha valores, gostos e ideias, contribuindo para a sua própria formação. É o grupo que lhe permite sentir segurança e proximidade, reciprocidade e compromisso, igualdade e lealdade.

É na base do estabelecimento de uma relação com o(s) outro(s) que o/a adolescente aprende a compreendê-lo(s) e a entender a sua visão, amadurecendo psicológica e sentimentalmente. É na base destas relações interpessoais que surgem experiências e vivências fulcrais para a construção de relações de segurança na idade adulta. É na base destas ligações que se aprende a identificar e a lidar com emoções e afetos. E, finalmente, é na base destas interações que se experimenta, que se avalia, que se constrói uma visão sobre si próprio e sobre o que o/a rodeia.

Assim, as relações interpessoais constituem uma poderosa ferramenta de aprendizagem pessoal, emocional e social para os/as jovens na sua procura pela autonomia e identidade.

Translate »