Posts Tagged 'medo'

Já sentiu medo do medo?

Já sentiu medo do medo?

Cristiana Pereira

Medo de ir, medo de sair, medo de uma consulta, medo de sofrer, medo de se envolver e de o poderem magoar, medo do preconceito, medo de falhar, medo de não ser aceite, etc., etc… Já reparou que não são os receios reais, mas os que imaginamos que nos fazem perder a noção da realidade, que nos paralisam, que dificultam a nossa vida e as nossas decisões?

Continuar a ler

0

E se o medo ajudar?

De certeza que já sentiu medo. Quando se é pequenino têm-se medos pequenos que parecem gigantes, e quando se é crescido têm-se medos gigantes que parecem ainda mais gigantes. Existem alguns momentos de vida mais propícios ao aparecimento do medo, como as fases de grandes mudanças. É natural que existam mais medos em momentos como a entrada no infantário, a passagem da 4ªclasse para o 5ºano de escolaridade, a entrada na faculdade, o primeiro emprego, o nascimento do primeiro ...

Continuar a ler
0

O medo já tomou decisões por si?

Sabemos que o medo é uma emoção básica do ser humano. E esta tem o propósito de sinalizar o perigo e prepara-nos fisicamente para que possamos fazer o necessário para a sobrevivência. Quando tal se justifica, o medo pode ser um dos nossos recursos mais vitais.

No entanto, o medo tem vindo a tornar-se uma espécie de negócio, em vez de um útil e valioso recurso. Vivemos num clima alimentado pelo medo. Os media invadem o nosso dia-a-dia com várias ...

Continuar a ler
0

Enfrentar o medo do medo

Inês CustódioMedo todos temos! Por vezes sentimo-nos mais ansiosos com ele, outras vezes menos. Porém, todos nós recordamos momentos em que sentimos medo, em que queremos escapar de uma situação ou que não conseguimos agir com naturalidade.

Até aqui tudo normal, mas o problema surge quando este medo persiste em não nos quer deixar… quando não diz respeito apenas a uma situação, mas ...

Continuar a ler
1

Conviver com o medo

Muitas são as pessoas que se sentem receosas durante grande parte da sua vida. O medo é uma das emoções mais embrutecedoras. Pode paralisar-nos e impedir-nos de continuarmos, ou até mesmo apavorar-nos, levando-nos a fugir. Um medo patológico corresponde a um alarme desmesurado, tanto na sua activação como na sua regulação. Se é desencadeado com demasiada frequência e com níveis de perigosidade muito baixos, o aparecimento do medo é demasiado forte, sem flexibilidade, um mecanismo tudo-nada. 

Conhecer o mecanismo ...

Continuar a ler
0

A escolha é sempre sua

Já reparou como o mundo está repleto de medo?

As angústias estão mais presentes na vida da pessoa do que a própria sombra. Muita gente vive num estado de apreensão constante como se viver fosse um peso a ser carregado a cada dia que passa. Mas viver preocupado e inseguro não pode ser uma opção de vida.

Não estou a falar daquele medo saudável que nos leva a ser cautelosos e a proteger-nos a nós ...

Continuar a ler
0

Medo de Ser Feliz – Isso Existe?!

O medo de cobras, alturas, aranhas, até o medo de palhaços parecem poder fazer algum sentido para a maioria das pessoas, mas que uma pessoa tenha medo de ser feliz já é coisa para a maioria de nós duvidar. Não é o que toda a gente quer, ser feliz? Então porquê o medo de o ser? Não parece fazer muito sentido, mas a verdade é que acontece. Há pessoas que, efectivamente, têm medo de serem felizes ...

Continuar a ler
0

Deixe de lado o medo – não evite!

O que é evitar? É não fazer algo porque nos deixa com medo ou ansiosos, e assim mantemo-nos na nossa zona de conforto. Existem muitas formas de evitar situações e algumas delas são mais fáceis de reconhecer que outras, como, por exemplo, não ir a locais onde irá conhecer pessoas, não telefonar, não comer em público, não falar em público, não falar com estranhos, não convidar alguém para sair, recusar convites, etc.

Existem tantas formas de ...

Continuar a ler
1

Educar os medos

Educar os medosO medo faz parte de nós, constituindo-se como uma resposta saudável, que visa preparar-nos para reagir face a circunstâncias externas que possam representar uma ameaça. Alguns medos específicos são considerados como adaptativos à espécie, sendo sinal disso o facto de terem momentos próprios, ao longo do nosso desenvolvimento para surgirem, serem ensaiados e preparados para uma actuação futura, em caso de necessidade.??Assim, ...

Continuar a ler
0

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress