Tem tudo sob controlo?

Tem tudo sob controlo?Muitas pessoas que procuram terapia com ansiedade e questões relacionadas com stress, parecem ter algo em comum: passam muito tempo focadas em coisas que não conseguem controlar.

Preocupam-se com o que as outras pessoas pensam ou passam o tempo a tentar convencer os outros a mudar. Estão ocupadas, mas não se sentem, necessariamente, eficazes. E isso acontece porque colocam o seu foco nos sítios errados ao tentar controlar sempre o ambiente à sua volta, assim como as pessoas.

E você, repara que passa uma boa parte do seu tempo a tentar controlar tudo à sua volta?

 

Deixo-lhe alguns indicadores para o ajudar a refletir naquilo que poderá estar a investir muito tempo, energia mental e esforço físico:

  1. Não é um bom jogador de equipa?

Fazer parte de uma equipa significa que tem de deixar de parte algum controlo. Afinal, não consegue orquestrar tudo o que acontece quando é responsável por 10% do resultado. Por isso, é natural que prefira o trabalho individual.

  1. Acredita que é 100% responsável pelo seu sucesso?

As pessoas que gostam de ter tudo sob controlo, acreditam que com esforço suficiente e aptidões conseguem realizar qualquer coisa. Não acreditam em momentos certos ou em sorte. Muitas vezes dizem “falhar não é uma opção” e estão constantemente a criticar-se a elas próprias quando as coisas não correm como planeado.

  1. Investe muito tempo a tentar convencer os outros a mudar?

Muitas vezes acredita que sabe o que é melhor para todos e tenta convencê-los a fazer as coisas de forma diferente.

  1. Tenta evitar que muitas coisas más aconteçam?

Apesar de não poder, tenta prevenir que o mal aconteça.

  1. Não delega tarefas?

Uma pessoa que gosta de ter tudo sob controlo, afirma que se quiser algo bem feito, deverá fazê-lo você mesmo. Recusa-se a delegar tarefas porque estão convencidos de que fazê-lo, em última análise, exigirá mais do seu tempo, porque provavelmente terão de corrigir os erros que alguém fez. Se delegam, insistem em controlar cada passo ao longo da realização da tarefa.

  1. Não tolera os erros que os outros cometem?

Dado que acredita que o sucesso deriva unicamente de talento e esforço, não existe tolerância por aqueles que lutam. Por isso, encara os erros como sinais de preguiça ou desleixe e pensam que todos devem ter sucesso, independentemente das suas circunstâncias.

 

E agora? Como deixar ir um pouco desse controlo?

Aqueles que tentam controlar tudo experienciam algumas consequências que vão desde a irritabilidade constante a uma raiva incontrolável. Além do impacto na saúde mental, existe uma perda constante de tempo e de energia.

Tente regular as suas emoções ao invés de controlar tudo ao seu redor. Construa uma confiança na sua capacidade de lidar com o desconforto e aprenda a aceitar que nem tudo acontecerá como planeado.

Com algum esforço, pode recuperar o controlo sobre si mesmo. E isso pode ajudá-lo a encontrar a paz interior que poderá estar a tentar alcançar ao controlar o seu ambiente.

 

2017-06-24T10:25:50+00:00 Junho 24th, 2017|Bem-estar, Cristiana Pereira|
Translate »