Treino de concentração e memória

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Rita Castanheira Alves

Rita Castanheira Alves

É frequente em consulta de psicologia infantil e juvenil e até por email, os pais pedirem-nos ideias e estratégias para ajudarem os filhos a treinar a concentração e a memorização. Por ver que tantas vezes os pais pedem ajuda, ficam algumas ideias divertidas e criativas para treinar a concentração e a memória sem que os seus filhos lhe digam: “ – Aí que grande seca…”

É uma excelente forma de passarem tempo juntos, ao mesmo tempo que os ajuda a desenvolver a sua capacidade de concentração e memorização, essenciais para o sucesso académico.

 

Jogo das categorias

Com frutos, objectos, nomes, cidades, o que se lembrarem, um elemento começa por dizer uma palavra, o elemento seguinte tem de dizer essa palavra e acrescentar outra, o seguinte tem de dizer essas duas pela ordem em que surgiu e acrescentar outra e assim sucessivamente. Ganha quem conseguir dizer mais sem se enganar na ordem e sem esquecer nenhuma palavra.

Não só treina a concentração, como a memória.

 

Jogo das sequências numéricas:

O pai, a mãe, a avó, o avô, a tia ou o tio escreve numa folha algumas sequências de nºs (1 a 9) crescentes (começam com uma sequência de dois números, depois de três, depois de quatro…). A criança ou jovem deve repetir a sequência após a mesma ter sido dita por quem está a fazer o treino com ele. Quando se engana em alguma, tem três vezes para tentar dizer bem. Se não conseguir após três tentativas, nesse dia ou momento o jogo termina e é retomado após algumas horas ou no dia seguinte, começando na sequência onde ficou.

 

Jogo do STOP:

Quem estiver fazer o jogo com a criança ou jovem começa por dizer para pensar num sinal de STOP e apenas num sinal de STOP. Quando a criança/jovem conseguir invadir o pensamento apenas com um sinal de STOP, o adulto diz-lhe diversos objectos para a criança/jovem substituir no pensamento pelo sinal de STOP. A criança/jovem vai dizendo cada vez que consegue estar só a pensar no objecto que lhe foi referido. Este jogo treina a flexibilidade do pensamento e a possibilidade de controlar o mesmo.

 

Jogo das Histórias:

O adulto conta uma história à criança/jovem e no final pode fazer perguntas sobre pormenores da história. Por exemplo, ” – De que cor era o vestido da menina da história?”; ” – O que comeram no primeiro jantar?” ” – Como se chamava a personagem principal?” A ideia é criar uma história com muitos pormenores para que a criança/jovem treine estar muito atento bem como a capacidade de memorização.

Estes são apenas alguns exemplos. A criatividade pode levar-vos a criarem os vossos próprios jogos com os vossos filhos! São jogos fáceis de fazer em qualquer lugar. Não só estão a treinar a concentração e a capacidade de memorização, dos seus filhos e as suas também, como são excelentes formas de promoverem o bem-estar familiar e aprofundarem os laços com os vossos filhos.

E hoje? Que irão jogar?

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

0
  Talvez também lhe interesse:

Add a Comment