Você dá prioridade a seu sono?

Você dá prioridade ao seu sono?Todos nós sabemos o que nos faz bem: comer saudavelmente, exercitar-se mais e dormir bem. Sei que mudar hábitos é sempre muito difícil, em especial os de alimentação e exercícios físicos, mas qual é a importância que você tem dado a seu sono e o que tem feito para adquirir hábitos mais saudáveis com relação a ele?

Se seu sono não é uma prioridade em sua vida, deveria virar, e rapidamente! As potenciais consequências da falta de sono são muitas e muito bem documentadas, como o aumento do risco de doenças cardíacas e diabetes, além de inúmeros problemas em sua saúde mental.

Um grande vilão nos problemas atuais do sono tem sido o uso de dispositivos eletrônicos para leitura, comunicação ou entretenimento na hora de dormir. É comum as pessoas ficarem conversando em mensagens pelo celular ou jogando para ter sono. Uma pesquisa realizada em 2015 mostrou que o uso de telas portáteis emissoras de luz antes do deitar tem inúmeras consequências: aumenta o tempo que a pessoa leva para adormecer, atrasa o relógio circadiano, reduz os níveis de liberação da melatonina (que seria o hormônio do sono), reduz a quantidade de sono REM e reduz o estado de alerta na manhã seguinte.

Então, quanto tempo de sono você precisa? E o que você pode fazer para ter um sono de melhor qualidade e quantidade?

Primeiramente vamos ver o que a Medicina recomenda como uma quantidade ótima de sono ao longo da vida: embora existam variações individuais, a recomendação é de 14 a 17h/sono por dia para os recém-nascidos, de 10 a 14h para crianças pequenas, de 9 a 11h para crianças escolares, 8 a 10h para os adolescentes, 7 a 9h para os adultos mais jovens e 7 a 8h para adultos mais velhos.

Embora haja essa tabela de recomendação de horas de sono, as necessidades de sono variam muito. Existem dormidores longos, que precisam de muitas horas de sono para se sentirem bem, e dormidores curtos, que dormem menos do que seria o recomendado em sua faixa etária e sentem-se restaurados com aquelas horas de sono. É importante prestar atenção às suas próprias necessidades e avaliar como você se sente em diferentes quantidades de sono. Considere seu humor, energia e disposição depois de uma noite de sono ruim versus uma noite boa. Se você estiver tendo problemas com seu sono é bom fazer um diário de registro de sono e depois poder discutir os resultados com seu medico (se quiser um quadro deste diário de sono, envie um e-mail para belo.horizonte@oficinadepsicologia.com, com o título DIÁRIO DE SONO, que lhe enviarei uma copia).

Há muitas coisas que você pode fazer para melhorar o seu sono, entretanto o primeiro passo tem é a conscientização de seus hábitos de sono e as mudanças que são necessárias para que você durma melhor. Deixo aqui algumas recomendações básicas para um sono de melhor qualidade, e, por conseguinte, uma vida mais saudável:

– evite consumir álcool, cafeína e tabaco pelo menos 3h antes de ir dormir;

– tenha uma programação do sono, que seja mantida mesmo nos fins de semana (ou seja, procure deitar e levantar nos mesmos horários);

– pratique um ritual relaxante para dormir;

– mantenha-se ativo fisicamente;

– desligue os eletrônicos antes de dormir.

Enquanto muitas pessoas podem recorrer a medicamentos para ajudar com o sono, uma grande revisão de pesquisa recente mostrou a terapia cognitivo-comportamental (TCC) como eficaz no tratamento de problemas de sono, sem os inconvenientes potenciais da medicação. Se você esta dormindo mal, não deixe de procurar ajuda especializada!

E porque não começar já hoje? Preparámos-lhe um programa de intervenção online, composto por “aulas” para fazer semanalmente, com explicações pormenorizadas e exercícios para voltar a dormir bem. Ponha as insónias a dormir!

The post Você dá prioridade a seu sono? appeared first on Oficina de Psicologia.

Source: OP Brasil Blogs Uai

Quando o problema são insónias nos adultos

Programa de intervenção nas insónias

Quando o problema é o sono dos mais pequenos

Problemas de sono nos mais pequenos
2017-12-18T11:00:39+00:00 Janeiro 16th, 2018|Insónias, OP BH Brasil, Sono|
Translate »